Tempo de Recordar – nº 5

Por Sebastião Deister

OS PRIMÓRDIOS DE PATY DO ALFERES

Leonardo Cardoso da Silva, um Alferes na Corte do Rio de Janeiro, foi um dos primeiros proprietários de terras na futura área de Paty do Alferes, tendo erguido no morro de São Paulo, às margens do Caminho Novo, um pequeno sítio fazendário entre os anos de 1701 e 1702, vindo a ser ainda o tabelião responsável pela assinatura, em 1739, da Escritura de Doação para o Patrimônio de uma Capela que viria ser a origem da cidade de Paty do Alferes.

De fato, em meados de 1730 o Alferes e depois Capitão Francisco Tavares completava as obras de sua fazenda na atual região de Arcozelo, em cujos domínios ergueu uma capela em honra de Nossa Senhora da Conceição, berço da famosa Fazenda da Freguesia, patrimônio atualmente conhecido como Aldeia de Arcozelo.

O Ofício Divino destinado a reconhecer a pequena ermida do Alferes Tavares seria facultado diretamente à capela pelo Reverendíssimo Bispo D. Francisco de São Jerônimo, então assentado na Diocese do Rio de Janeiro, documento religioso referendado em 13 de abril de 1739 pelo Revmo. Bispo D. Frei Antônio de Guadalupe, sucessor de D. Jerônimo… Esta data, na realidade, corresponde ao nascimento de Paty do Alferes, pois uma Freguesia somente seria assim reconhecida pelo Reino se uma capela católica fosse devidamente confirmada pelas provisões religiosas expedidas pelas dioceses das Províncias Brasileiras. Por conseguinte, a Fazenda da Freguesia tornou-se a sede da vila que surgia, abrangendo então toda a área que agora circunscreve Arcozelo e seus bairros periféricos.

 PATY DE SERRA ACIMA

Aos poucos, a Roça do Alferes Tavares ia sendo conhecida e ocupada pelos tropeiros que demandavam o Caminho Novo de Minas e as demais estradas abertas pelo Tinguá. Em razão da presença de numerosas palmeiras chamadas paty ou patioba na região – e também pelo fato de o Alferes ter plantado algumas de suas mudas na Freguesia – o pequeno povoado passou a ser por eles chamado de “Os Patys do Alferes”. Meses depois – em vista de insistentes pedidos da família Tavares e de outros latifundiários já radicados na vila  – o Reino de Portugal, no dia 4 de setembro de 1739, por fim expediu um Alvará Real criando oficialmente junto à Serra do Couto a VILA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE SERRA ACIMA DA ROÇA DO PATY DO ALFERES, designação perfeitamente ajustada às maravilhosas raízes históricas daquela Freguesia.

 FRANCISCO TAVARES – DESCENDÊNCIA

Tavares nasceu em 1665 no Alentejo, em Portugal,  tendo vindo ainda bem jovem para o Brasil. Após estabelecer-se na Vila de Iguaçu, conheceu Isabel Correia de Oliveira e com ela se casou na forma do Sagrado Concílio Tridentino no dia 10 de janeiro de 1700, tendo como padrinhos o Governador Sebastião da Veiga Cabral e Bárbara Correia de Oliveira, irmã da noiva.

O casal gerou a seguinte descendência:

Francisca Correia Tavares – Nascida em 20.07.1700

Sebastiana Correia Tavares – Nascida em 08.07.1702 e cedo falecida

Sebastiana Correia de Oliveira – Nascida em 30.12.1703, batizada com o nome da irmã morta

João Correia Tavares – Nascido em 24.07.1706. Veio a ser avô de Laureano Corrêa e Castro, o famoso Barão de Campo Belo, de Vassouras

Antônio Inácio Correia de Oliveira – Data de nascimento desconhecida

Inácio Correia Tavares – Nascido em 18.07.1712

3 Respostas para “Tempo de Recordar – nº 5

  1. Karla,

    muito legal esse lugar.
    Parabés pela divulgação..

    Amigo.

    Evandro

  2. Uma aula de historia parabéns.

  3. marcio da fonseca almeida

    Bom documentário sobre as cidades mencionadas e os Correa Tavares. Se me permitir, gotaria de saber sobre o Manoel José Correa Tavares, creio que neto do Joao C. Tavares e filho do Francisco José Correa (Tavares) e de Damasia Eugênia da Conceição. Sabe alguma coisa sobre ele? Eu sou seu bisneto. Preciso desta informação. Obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s